NOVEMBRO AZUL: AUMENTO DO SEDENTARISMO ACENDE LUZ AMARELA PARA DOENÇAS

Prática de atividade física pode ajudar na prevenção de diversos problemas, inclusive câncer de próstata, alerta especialista.

Durante a pandemia os brasileiros reduziram as atividades físicas em cerca de 15%. Outra pesquisa realizada pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, que mostram que, das 58,7 milhões de mortes ocorridas em 2018, cerca de 9% – 5,3 milhões – têm alguma relação com a falta de atividade física.

Entretanto, a insuficiência de exercícios físicos foi responsável por 6% dos óbitos por doenças cardíacas, 10% por câncer de mama e 10% por câncer de cólon. Os hábitos saudáveis também podem ser importantes para a prevenção de doenças que atingem o sistema urinário e reprodutor das pessoas.

Segundo estudos do INCA – Instituto Nacional de Câncer , a prática de exercícios aliada a uma alimentação saudável e balanceada pode prevenir o surgimento do câncer de próstata. Que tem uma estimativa de atingir mais de 65 mil homens durante este ano, segundo previsão do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Vale ressaltar, principalmente em novembro, mês da prevenção do câncer de próstata, o quão importante é o homem manter uma rotina saudável.

Uma alimentação saudável, baseada em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, além de praticar exercícios físicos regularmente podem contribuir para que os homens não sofram com essa doença, também precisamos estar em alerta para a necessidade de controlar o peso, não fumar e evitar o consumo de bebidas alcoólicas.

A prática dos exercícios contribui para melhorar o comportamento humano porque passam a liberar mais endorfina e permite a reparação do sistema imunológico, deixando o corpo mais resistentes às diversas doenças.

Exercício físico é sinônimo de cuidado com a saúde, com o corpo e com a mente.

Movimente-se!

Faça sua pesquisa